Opções do instalador (MSI) - Security Center 5.9.0.0

Guia de instalação e atualização do Security Center 5.9.0.0

Applies to
Security Center 5.9.0.0
Last updated
2020-01-20
Content type
Guias
Guias > Guias de instalação
Language
Português (Brasil)
Product line
Security Center unified platform > Security Center
Version
5.9

Ao executar uma instalação silenciosa, é possível especificar opções adicionais para o instalador (MSI) do Security Center.

A tabela a seguir lista as opções do instalador (MSI) do Security Center. Todas as opções do instalador estão escritas em letras maiúsculas. Diferentemente das opções de configuração, nenhuma delas é precedida por uma barra (/). Todos os nomes das opções diferenciam maiúsculas e minúsculas.

IMPORTANTE: Todos os servidores no sistema compartilham a mesma senha. Portanto, para a instalação dos servidores principal e de expansão, use apenas a opção MAINSERVER_PASSWORD para especificar a senha.
Opção instalador (MSI) Descrição
ACTIVATIONCODE Este é o código de ativação necessário para permitir Agente do System Availability Monitor (SAMA, System Availability Monitor) a coleta de dados do sistema.

EXEMPLO: SAMA_COLLECTPOLICY=On ACTIVATIONCODE=mycode

AGREETOLICENSE Indica que você concorda com nosso contrato de licença de software.
IMPORTANTE: O único valor aceito é Yes. Se for omitido, a instalação falhará.

EXEMPLO: AGREETOLICENSE=Yes

COLLECTPOLICY Configura a política de coleta de dados para o nosso Programa de melhoria de produtos. Os valores possíveis são:
  • On: coletaremos dados com informações do sistema.
  • Anonymous: coletaremos dados anônimos.
  • Off: não coletaremos dados.
IMPORTANTE: Esta opção é obrigatória caso esteja instalando o servidor principal em uma máquina limpa. Se for omitida, a instalação falhará.

Também é possível usar esta opção para alterar a configuração de coleta de dados existente se estiver atualizando o servidor principal. Caso esteja instalando um servidor de expansão ou uma estação de trabalho cliente ela será ignorada.

EXEMPLO: COLLECTPOLICY=Anonymous

CREATE_FIREWALL_RULES Adicione os aplicativos do Security Center instalados à lista de exceções do firewall do Windows. Os valores possíveis são 0 ou 1.
  • 0 = não cria regras de firewall
  • 1 = cria regras de firewall (PADRÃO)

EXEMPLO: CREATE_FIREWALL_RULES=1

DATABASE_AUTOBACKUP Faz o backup do banco de dados do Directory após a atualização do software, mas antes da atualização do banco de dados. Os arquivos de configuração também são copiados na mesma pasta de destino que o banco de dados. Os valores possíveis são 0 ou 1. Quando esta opção for omitida, o valor padrão será 1 se o último backup tiver mais de um dia. A pasta de backup padrão é C:\SecurityCenterBackup na máquina do SQL Server.
  • 0 = não faz o backup do banco de dados do Directory
  • 1 = faz o backup do banco de dados do Directory (PADRÃO)

EXEMPLO: DATABASE_AUTOBACKUP=0

DATABASE_SERVER O mesmo que a opção GLOBAL_SERVER. Este parâmetro mantém a compatibilidade com versões anteriores dos scripts de instalação silenciosa anteriores.
DEACTIVBASIC Este é um valor booleano que especifica se a autenticação básica da câmera deve ser desativada.
  • 0 = autenticação básica ativada
  • 1 = autenticação básica desativada (PADRÃO)

EXEMPLO: DEACTIVBASIC=0

GLOBAL_SERVER Especifica o nome do servidor do banco de dados para todas as funções instaladas por padrão. Quando omitido, o valor padrão é (local)\SQLEXPRESS.

EXEMPLO: GLOBAL_SERVER=BLADE32\SQLServerEnterprise

LANGUAGECHOSEN Idioma usado pelo Security Center. Os possíveis valores de código são:
  • Árabe - 1025
  • Chinês (Simplificado) - 2052
  • Chinês (Tradicional) - 1028
  • Tcheco - 1029
  • Holandês - 1043
  • Inglês - 1033
  • Francês - 3084
  • Alemão - 1031
  • Hebraico - 1037
  • Húngaro - 1038
  • Italiano - 1040
  • Japonês - 1041
  • Coreano - 1042
  • Norueguês - 1044
  • Persa - 1065
  • Polonês - 1045
  • Português brasileiro - 2070
  • Russo - 1049
  • Espanhol - 1034
  • Sueco - 1053
  • Tailandês - 1054
  • Turco - 1055
  • Vietnamita - 1066

EXEMPLO: LANGUAGECHOSEN=3084

Se o código for inválido, o inglês será usado. Se esta opção for omitida, o idioma de instalação (especificado na opção de configuração /language:opção de configuração) será usado.

MAINSERVER_ENDPOINT Usado para instalação do servidor de expansão. Especifica o nome ou endereço IP do servidor principal.

EXEMPLO: MAINSERVER_ENDPOINT=MYMAINSERVER

MAINSERVER_PASSWORD Opção obrigatória para comandos de instalação do servidor.
IMPORTANTE: A senha deve atender aos seguintes requisitos:
  • Pelo menos 8 caracteres
  • 1 letra maiúscula ou mais
  • 1 letra minúscula ou mais
  • 1 caractere numérico ou mais
  • 1 caractere especial ou mais
  • Sem espaços ou aspas duplas.

EXEMPLO: MAINSERVER_PASSWORD=ServerPwd-123

PRODUCT_UPDATES Ativa ou desativa a verificação automática de atualizações de software. Os valores possíveis são:
  • verdadeiro - LIGA a verificação automática (PADRÃO)
  • falso - DESLIGA a verificação automática
SAMA_COLLECTPOLICY Configura a política de coleta de dados aplicada pelo SAMA. Os valores possíveis são:
  • On: o SAMA coletará dados com informações do sistema (requer ACTIVATIONCODE).
  • Anonymous: o SAMA coletará dados anônimos (PADRÃO)
  • Off: o SAMA não coletará dados.

EXEMPLO: SAMA_COLLECTPOLICY=On ACTIVATIONCODE=mycode

SECURE_COMMUNICATION Este é um valor booleano que especifica se a comunicação segura (autenticação no Directory) deve ser imposta.
  • 0 = não imposta, autenticação no Directory desativada (PADRÃO)
  • 1 = imposta, autenticação no Directory ativada

EXEMPLO: SECURE_COMMUNICATION=1

SERVER_TYPE Especifica se um servidor principal ou um servidor de expansão deve ser instalado. Os valores possíveis são:
  • Main: instala o Genetec™ Server com o Directory (PADRÃO)
  • Expansion: instala o Genetec™ Server sem o Directory
SERVERADMIN_PORT Especifica a porta HTTP usada para o Server Admin com base na web.

EXEMPLO: SERVERADMIN_PORT=8080

Se não for especificado, o padrão será 5500.

SERVICEPASSWORD Especifica a senha a ser usada nos serviços.

EXEMPLO: SERVICEPASSWORD=anypassword

Primeiro é necessário criar um usuário e senha com as credenciais corretas antes de usar essas propriedades. Se não for especificado, o padrão será em branco.

SERVICEUSERNAME Especifica o nome de usuário a ser usado nos serviços.

EXEMPLO: SERVICEUSERNAME =.\admin

SKIPSERVICESTART Use esta opção para impedir que os serviços do Security Center sejam iniciados imediatamente após a instalação (comportamento padrão). É possível usar esta opção, se, por exemplo, for necessário instalar os hotfixes logo após a instalação completa. Caso use esta opção, não se esqueça de iniciar os serviços do Security Center (NET START GenetecServer e NET START GenetecWatchdog) após a instalação do hotfix.

EXEMPLO: SKIPSERVICESTART=Y

SQL_INSTANCE_NAME Esta opção deve ser especificada quando o SQLSERVER_GROUP estiver definido como NovoServidor. Ela especifica o nome da instância do SQL Server que você deseja criar na sua máquina local.
IMPORTANTE: Não adicione o nome do servidor ao nome da instância.
EXEMPLOS:
  • SQL_INSTANCE_NAME=(local)\SQLEXPRESS2 (ERRADO)
  • SQL_INSTANCE_NAME=SQLEXPRESS2 (CORRETO)
SQLSERVER_GROUP Especifica se um servidor SQL novo ou existente está instalado silenciosamente. Os valores possíveis são:
  • Servidor existente (PADRÃO)
  • NovoServidor (deve ser usado com SQL_INSTANCE_NAME)

EXEMPLO: SQLSERVER_GROUP=NewServer SQL_INSTANCE_NAME=SQLEXPRESS2

UPGRADE_DATABASE Especifica que o banco de dados do Directory deve ser atualizado automaticamente. Se não houver banco de dados, essa opção será ignorada. Os valores possíveis são Y ou N. Quando essa opção é omitida, o valor padrão é Y.

EXEMPLO: UPGRADE_DATABASE=N

WEBSERVER_PORT Especifica a porta HTTP usada para o Server Admin com base na web.

Se não especificado, o padrão será 80.