Configurando a função Map Manager - Security Center 5.10

Guia do administrador da Central de segurança 5.10

Applies to
Security Center 5.10
Last updated
2022-11-14
Content type
Guias > Guias do administrador
Language
Português
Product
Security Center
Version
5.10

O Map Manager é a função central que gerencia todos os recursos de mapeamento no Security Center, incluindo arquivos de mapas importados, provedores externos de mapas e objetos KML. Ele atua como o servidor de mapa para todos os aplicativos de cliente que necessitam de mapas e como provedor de registro para todas as Security Center entidades colocadas em mapas georreferenciados. Você deve configurar essa função antes de começar a usar mapas no seu sistema.

O que você deve saber

A função Map Manager é criada por padrão durante a instalação do Security Center e é atribuída ao servidor principal.

Procedimento

  1. Na página inicial do Config Tool, abra a tarefa Sistema e clique na visualização Funções.
  2. Selecione a função Map Manager e clique na aba Propriedades.
  3. Na seção Provedores de mapas, conecte o Map Manager aos provedores de mapas de terceiros.
    Um provedor de mapas é um Sistema de Informações Geográficas (GIS) usado para criar mapas geográficos. A maioria deles exige uma licença para usar. Esses sistemas podem estar offline ou online. Os seguintes provedores de mapas são suportados:
    BeNomad
    Um GIS offline que deve ser instalado em todas as máquinas clientes Security Center.
    Esri
    Um GIS online baseado no SDK ArcGIS Runtime para .NET.
    Bing
    O mapa do Bing, o mapa híbrido do Bing e o mapa de satélite do Bing são provedores de mapas online oferecidos pela Microsoft.
    Google
    O mapa do Google e o mapa do terreno do Google são provedores de mapas online oferecidos pela Google.
    Personalizado *
    Um servidor Tile (Tile Map Service), como aquele fornecido pelo OpenStreetMap Foundation, pode ser adicionado como um provedor de mapa on-line.
    WMS
    Um Web Server Map Service (WMS) pode ser adicionado como um provedor de mapas online.
    A lista de fornecedores de mapas também pode ser usada como lista de prioridades de geocodificação. Isso significa que o provedor de mapa no topo da lista é o primeiro a ser tentado como provedor de geocodificação. Se este provedor não puder retornar um resultado, o próximo provedor da lista será tentado.
  4. (Opcional) Na seção Camadas de mapas, importe os objetos KML que deseja exibir em seus mapas.
  5. Configure o Local do cache para os seus mapas.
    O cache é uma pasta onde os ladrilhos de mapas são salvos. Quando você cria mapas a partir de arquivos de imagens, a função gera um conjunto de pequenas imagens, chamadas de ladrilhos do mapa, para cada nível de zoom no qual você precisa visualizar o mapa. Quanto maior a escala do mapa, mais ladrilhos de mapa precisam ser gerados pela função. A pasta padrão é C:\ProgramData\Security Center\Maps..
    MELHOR PRÁTICA: Se você estiver configurando o failover de funções, configure o cache para um local que possa ser alcançado por todos os servidores atribuídos à função. Se a função não puder alcançar a localização de cache configurada, ela regenerar os ladrilhos do mapa a partir de arquivos de origem armazenados no banco de dados do Directory e salva-os no local de cache padrão.
  6. Na lista Mapa padrão, selecione o mapa padrão para o seu sistema.
    O mapa padrão do sistema, também conhecido como mapa padrão global, é usado quando um usuário não configura um mapa padrão personalizado. Você só pode definir o mapa padrão global depois de criar seu primeiro mapa.
  7. Após todos os aplicativos do cliente terem sido atualizado para Security Center 5.9 ou posterior, DESLIGUE a Compatibilidade retroativa.
    A compatibilidade com versões anteriores não é exigida por novas instalações e está desativada por padrão. Em sistemas atualizados de Security Center 5.8 ou anterior, a compatibilidade com versões anteriores é automaticamente trocada ATIVADA para permitir que os aplicativos cliente que não foram atualizados funcionem normalmente.
  8. Clique em Aplicar.
  9. Se a sua licença do Security Center oferecer suporte a Função de registro básica, configure os objetos de mapa que deseja usar como tipos de registro.
    1. Clique na aba Fusão de registros.
    2. Selecione na lista Usar localizações do mapa para, os tipos de objeto que deseja usar para correlação de localização.
      Os tipos de objetos selecionados são registrados com o Record Fusion Service como tipos de registro e podem ser visualizados usando a tarefa de investigação Registros. Todos os objetos de mapa registrados como tipos de registro podem ser filtrados pelos seus atributos Localização, Nome, Descrição e Entidade. Para obter mais informações, consulte T_SC_UsingCorrelationToDeriveIntelligence.html.
    3. Na lista Mapas, adicione os mapas que devem ser examinados pelas solicitações de correlação.
      Você deve selecionar pelo menos um mapa.
    4. Clique em Aplicar.