Sobre a função Media Router - Security Center 5.10

Guia do administrador da Central de segurança 5.10

Applies to
Security Center 5.10
Last updated
2022-11-14
Content type
Guias > Guias do administrador
Language
Português
Product
Security Center
Version
5.10

A função do Media Router é a função central que controla todas as solicitações de transmissão (áudio e vídeo) no Security Center. Ele estabelece sessões de transmissão entre a fonte da transmissão, como a câmera ou o Archiver e os seus solicitantes (aplicativos cliente). As decisões de roteamento são baseadas no local (endereço IP) e nas capacidades de transmissão de todas as partes envolvidas (origem, destinos, redes e servidores).

Função do Media Router

O Media Router garante que todas as transmissões de vídeo usem a melhor rota para chegar aos seus destinos, enquanto realizam qualquer transformação necessária de transporte (por exemplo, de unicast para multicast ou de IPv4 para IPv6).

Somente uma única instância da função Media Router é permitida por sistema.

Segurança de rede

A função Media Router tem porta uma porta RTSP 554 padrão e os seus redirecionadores têm uma porta RTSP 560 e uma porta RTP padrão 960. As funções Archiver têm duas portas RTSP padrão: 555 e 605. Se o Media Router, o redirecionador e o Archiver estiverem hospedados no mesmo servidor, cada uma dessas portas deverá ser exclusiva. Para todos os requisitos de portas, consulte Portas usadas por aplicativos Omnicast™ no Security Center.

Se várias funções Archiver forem criadas no mesmo servidor, elas deverão ter portas RTSP diferentes. Caso contrário, a entidade da função fica em amarelo e um evento de Aviso de entidade é gerado.

Otimização do multicast

Os aplicativos cliente podem solicitar transmissões multicast somente pelo endereço IP do roteador, não pelo número de porta. Portanto, embora um aplicativo cliente ouça apenas em uma porta específica, todas as fontes de transmissões que compartilham o mesmo endereço IP são enviadas pelo roteador. Se o seu sistema usa Federation™, há uma boa chance de que uma câmera federada receba o mesmo endereço IP, com uma porta diferente, como uma câmera local. Quando um cliente solicita uma transmissão multicast de uma câmera local enquanto uma câmera federada atribuída ao mesmo endereço IP está em uso, as duas transmissões são enviadas ao cliente, embora apenas uma seja necessária. A probabilidade desse conflito aumenta muito se, por exemplo, você gravar a transmissão federada continuamente.

Para evitar o desperdício da banda da rede, o Media Router usa dois intervalos separados de endereços IP, um para transmissões locais e outro para transmissões federadas. Cada intervalo de endereços IP multicast é definido por um Endereço inicial e um número de porta específico.

Superando o problema de desempenho de multicast do Windows

Existe uma limitação conhecida do Windows que limita a largura de banda de uma única porta em cerca de 100 Mbps. Para sistemas com muito tráfego multicast, uma segunda otimização está disponível, a qual incrementa o número da porta para cada novo endereço multicast. Para cada novo endereço multicast, o número da porta é incrementado em 2. Os números de porta pares são usados para transmissão de dados, enquanto os números de porta ímpares são usados para mensagens de controle RTCP. Esta opção está disponível na página Propriedades do Media Router.

Para obter mais informações, consulte C_SC_BestPracticesForMulticastConfiguration.html.