Sobre a sincronização do Active Directory - Security Center 5.10

Guia do administrador da Central de segurança 5.10

Applies to
Security Center 5.10
Last updated
2022-11-14
Content type
Guias > Guias do administrador
Language
Português
Product
Security Center
Version
5.10

Através de um processo chamado de sincronização, a função Active Directory também mantém todas as entidades importadas atualizadas com as alterações feitas no AD.

Todas as entidades importadas são sincronizadas com sua origem pela função Active Directory.
NOTA: Certifique-se de que o servidor que esteja executando a função Active Directory faça parte do domínio que você está tentando sincronizar.
A maioria dos atributos importados do AD são somente leitura no Security Center, exceto algumas propriedades de titular de cartão. As entidades importadas não podem ser excluídas a menos que sejam excluídas do AD.
CUIDADO:
Se você mover uma conta de segurança de um grupo de segurança sincronizado do AD para um que não seja sincronizado, é como se a conta deixasse de existir no Security Center. A função Active Directory exclui as entidades correspondentes: usuários, titulares do cartão e credenciais de Security Center na próxima sincronização com o AD. Se as entidades excluídas foram referenciadas por outras entidades em Security Center, mover a conta de segurança de volta para o grupo de segurança AD sincronizado não restaurará esses relacionamentos.
A sincronização é sempre iniciada a partir do Security Center. Existem duas maneiras de iniciar a sincronização:
Manualmente
A sincronização é executada quando você a solicita explicitamente. Esta é a configuração padrão. A vantagem dessa abordagem é que você tem controle sobre quando deseja que a sincronização seja feita.
Por agendamento
Os grupos importados são sincronizados usando uma tarefa agendada.
IMPORTANTE: O computador que está solicitando a sincronização e o que a está executando devem estar configurados para utilizar o mesmo idioma de exibição Security Center. Do contrário alguns tipos de credenciais podem não estar sincronizados e serão removidos do Security Center após a sincronização. Se você estiver realizando a sincronização manualmente, o idioma definido na estação de trabalho que está executando o Config Tool deve ser o mesmo idioma configurado no servidor que hospeda a função Active Directory. Se sincronização for realizada através de uma tarefa agendada, o idioma definido no servidor principal deve ser o mesmo idioma configurado no servidor que hospeda a função Active Directory.

Informações que podem ser sincronizadas com o AD

Ambos os campos padrão e personalizados do Security Center podem ser importados do AD e mantidos sincronizados com o AD. Você pode escolher o usuário, o grupo de usuários, o grupo de titulares de cartão e os campos de credenciais a importar do AD na página Links da função Active Directory.