Capacidades de streaming do Security Center 5.9 para o Genetec™ Mobile 5.0 - Security Center 5.9

Guia de requisitos de sistema do Security Center 5.9

series
Security Center 5.9
revised_modified
2020-08-19

O número de fluxos de vídeo e a quantidade de tráfego que o Security Center 5.9 pode fornecer variam de acordo com as configurações de fluxos de câmeras, as configurações da função Mobile Server e o desempenho do servidor que hospeda as funções Media Gateway e Mobile Server.

A função Media Gateway é usada pelo Genetec™ Mobile e Web Client para transcodificar um vídeo do Security Center. A função Media Gateway é compatível com o RTSP (Real Time Streaming Protocol) que pode ser usada por aplicativos externos para solicitar transmissões de vídeo não processadas do Security Center.
As configurações do fluxo são definidas na Config Tool. Para obter mais informações, consulte os seguintes tópicos:
  • Configurar funções Mobile Server

    Você pode definir diferentes configurações de vídeo para conexões WiFi e celulares. O Mobile Server sempre usa a conexão WiFi quando está disponível. Você pode encontrar essas configurações na Config Tool em Servidor móvel > Propriedades > Vídeo > Configurações de vídeo.

  • Configurar transmissões de vídeo de câmeras

    O Mobile Server envia o fluxo de vídeo que mais se aproxima do fluxo solicitado pelo aplicativo Genetec™ Mobile para minimizar o trabalho de transcodificação realizado pelo Media Gateway.

NOTA: O Genetec™ Mobile não suporta H.264. O Media Gateway converte todos os fluxos H.264 em MJPEG antes de enviá-los para o dispositivo móvel. Se a resolução de vídeo solicitada for inferior à resolução de vídeo de origem, o Media Gateway exigirá mais CPU para reduzir a escala da imagem, o que reduz o número de fluxos que o servidor pode manipular.

Os seguintes conjuntos de resultados de teste indicam o número máximo de fluxos de vídeo, para cada tipo de servidor e vários cenários de streaming, sem desempenho reduzido. Em cada cenário, o servidor hospeda as funções Mobile Server e Media Gateway, e o uso da CPU é mantido entre 75% e 80%.

Capacidades de streaming em um servidor recomendado

Os testes a seguir foram conduzidos em um servidor com um processador Intel Xeon E5-1620 v3 Quad-Core a 3,50 GHz com 16 GB de RAM, executando o Windows 10 64-bit Enterprise Edition.

Fluxos de origem (H.264) a 15 fps Fluxos solicitados (MJPEG) Número máximo de fluxos Tráfego de rede de saída Tráfego de rede de saída por fluxo
320 x 240 (0,2 Mbps) 320 x 240 75 63,0 Mbps 0,84 Mbps
640 x 480 (0,5 Mbps) 640 x 480 60 60,0 Mbps 1,00 Mbps
1280 x 720 (1,0 Mbps) 1280 x 720 40 45,8 Mbps 1,15 Mbps
640 x 480 (0,5 Mbps) 320 x 240 50 52,6 Mbps 1,05 Mbps
1280 x 720 (1,0 Mbps) 320 x 240 40 40,4 Mbps 1,01 Mbps
1280 x 720 (1,0 Mbps) 640 x 480 40 40,6 Mbps 1,02 Mbps
1920 x 1080 (3,0 Mbps) 320 x 240 20 22,0 Mbps 1,10 Mbps

Capacidades de streaming em um servidor de alto desempenho

Os seguintes testes foram realizados em um servidor com dois processadores Intel Xeon Silver 4110 a 2.1 GHz com 32 GB de RAM, executando o Windows Server 2016 64-bit Standard Edition. Essas especificações estão em conformidade com os requisitos do servidor de alto desempenho.

Fluxos de origem (H.264) a 15 fps Fluxos solicitados (MJPEG) Número máximo de fluxos Tráfego de rede de saída Tráfego de rede de saída por fluxo
320 x 240 (0,2 Mbps) 320 x 240 160 158,0 Mbps 0,98 Mbps
640 x 480 (0,5 Mbps) 640 x 480 110 139,0 Mbps 1,26 Mbps
1280 x 720 (1,0 Mbps) 1280 x 720 70 145,0 Mbps 2,07 Mbps
640 x 480 (0,5 Mbps) 320 x 240 90 161,4 Mbps 1,79 Mbps
1280 x 720 (1,0 Mbps) 320 x 240 80 60,0 Mbps 0,75 Mbps
1280 x 720 (1,0 Mbps) 640 x 480 80 70,0 Mbps 0,87 Mbps
1920 x 1080 (3,0 Mbps) 320 x 240 40 18,0 Mbps 0,45 Mbps