Adicionar objetos KML aos seus mapas - Security Center 5.9

Guia do Administrador do Security Center 5.9

series
Security Center 5.9
revised_modified
2020-01-20

Você pode adicionar recursos geográficos e informações dinâmicas, como estradas e fluxo de tráfego, a mapas georreferenciados, importando objetos KML (Keyhole Markup Language) para a função Map Manager.

O que você deve saber

Keyhole Markup Language (KML) é um formato de arquivo usado para exibir dados geográficos em um navegador da Terra, como Google Earth e o Google Maps. Os arquivos KML definem objetos de mapa que representam recursos estáticos, como estradas e edifícios, ou informações dinâmicas, como condições climáticas e fluxo de tráfego. Eles só podem ser usados com mapas georreferenciados.
NOTA: As camadas KML dinâmicas são atualizadas em um intervalo definido no arquivo KML.

Procedimento

  1. Na página inicial do Config Tool, abra a tarefa Sistema e clique na visualização Funções.
  2. Selecione a função Map Manager e clique na aba Propriedades.
  3. Na seção Camadas de mapas, clique em Adicionar um item ().
  4. Na caixa de diálogo Selecionar camadas a importar, digite o caminho para um arquivo .kml ou .kmz.
    Se o arquivo for carregado com êxito, será exibida uma visualização dos objetos KML e uma lista de camadas disponíveis. Todas as camadas estão selecionadas por padrão.
  5. Se necessário, desmarque todas as camadas que não são necessárias.
  6. Clique em Importar e, em seguida, clique em Aplicar.

Após terminar

Por padrão, as camadas KML recém-importadas são mostradas automaticamente em todos os mapas georreferenciados. Se as informações KML não forem necessárias em alguns mapas, você deve ocultar as camadas KML na configuração do mapa.