Controle de acesso baseado em LPR - Security Center 5.9

Guia do Administrador do Security Center 5.9

series
Security Center 5.9
revised_modified
2020-01-20

Instalando câmeras Sharp nos pontos de entrada de uma instalação (por exemplo, estacionamentos, campus universitários e assim por diante), o Reconhecimento de placas de veículo AutoVu™ (LPR, License Plate Recognition) pode ser usado para controle de acesso através da correspondência de placas de veículo a uma ou mais listas de procurados, concedendo ou negando depois o acesso a veículos que desejam entrar na instalação.

Como o controle de acesso baseado em LPR funciona

Em um cenário de controle de acesso baseado em LPR, você usa câmeras Sharp, listas de procurados e eventos causa-efeito do Security Center para automatizar o acesso a um estacionamento ou instalação similar.

Você começa por instalar suas câmeras Sharp nos pontos de entrada de uma instalação para capturar as placas de veículos que tentam entrar. Em seguida, você cria as listas de procurados que contêm as placas dos veículos que podem entrar e atribui-as ao LPR Manager ou a câmeras Sharp individuais no Config Tool.

Depois de criar e atribuir suas listas de procurados, você cria eventos causa-efeito do Security Center para os eventos Alerta de placa de licença e Não combina gerados pelos Sharps e pelas listas de procurados para conceder ou negar o acesso aos veículos.

Por exemplo, se uma placa corresponder a uma ou mais listas de procurados atribuídos a um Sharp, o Security Center desencadeia uma ação que levanta um portão ou abre uma porta de garagem, enquanto um evento de Não combina (a placa não corresponde a nenhuma lista de procurados atribuída) desencadeia uma ação que faz soar um alerta ou envia uma mensagem para o pessoal de segurança para que eles possam questionar o condutor do veículo.

Você também pode disparar eventos para ações em listas de veículos roubados, contraventores ou outros veículos de interesse. Essas listas são geralmente atribuídas ao LPR Manager para que o evento para ação possa ser acionado por qualquer um dos Sharps que captura a placa.

Sobre a atribuição de listas de procurados

Listas de procurados são listas de placas de veículos que podem ser atribuídas a uma função LPR Manager ou a câmeras Sharp individuais.

  • Atribuir uma lista de procurados a um LPR Manager: Quando você atribui uma lista de procurados a um LPR Manager, todas as câmeras Sharp controladas pelo LPR Manager podem fazer correspondência com a lista de procurados e acionar um evento causa-efeito.
  • Atribuir uma lista de procurados a uma câmera Sharp: Quando você atribui uma lista de procurados a uma câmera Sharp individual, somente essa câmera Sharp específica pode acionar um evento causa-efeito. Isto é útil para estacionamentos que tenham pontos de entrada específicos para diferentes grupos de veículos. Por exemplo, isso permite que você atribua uma lista de procurados VIP a uma câmera Sharp instalada na entrada da garagem de estacionamento VIP.

Eventos usados no controle de acesso baseado em LPR

Existem dois tipos principais de eventos do Security Center usados em um sistema de controle de acesso baseado em LPR, Alerta de placa de licença e Não combina.
NOTA: Você também pode usar eventos de Reconhecimento de placas de veículos para desencadear ações como iniciar a gravação de vídeo para a câmera de contexto da Sharp. No entanto, somente os eventos Alerta de placa de licença e Não combina são descritos aqui.
Eventos Alerta de placa de licença
Ao ativar a Correspondência para um LPR Manager no Config Tool, o Security Center tenta combinar as placas capturadas pelas câmeras Sharp com placas em listas de procurados carregadas.
Se uma placa corresponder a uma lista de procurados, o Security Center gera um evento Alerta de placa de licença. Ao criar um evento causa-efeito que é desencadeado por esse evento, o Security Center pode conceder acesso a uma instalação abrindo um portão, uma porta de garagem e assim por diante.
Eventos Não combina
Você também pode ativar eventos Não combina para um LPR Manager no Config Tool. Em evento Não combina é gerado quando uma placa não corresponde a uma lista de procurados. Por exemplo, você pode usar um evento Não combina para considerar convidados, veículos de entrega ou outros veículos que normalmente não são registrados antecipadamente em uma lista de procurados.
Eventos causa-efeito para eventos Não combina podem ter uma lista de procurados ou uma câmera Sharp como origem do evento. Se a lista de procurados for a origem, isso significa que a placa não é encontrada naquela lista específica. No entanto, se o Sharp for a origem, isso significa que a placa não é encontrada em nenhuma das listas de procurados atribuídas ao Sharp. Esta é uma diferença sutil, mas importante, que você deve ter em mente ao configurar o seu sistema porque você pode ter mais de uma lista de procurados atribuída a um único Sharp.

Eventos Não combina não são gerados ao comparar com listas de procurados atribuídas ao LPR Manager porque elas se aplicariam a todos os Sharps controlados pela função. Por exemplo, se você tiver uma lista de procurados de veículos roubados atribuída ao LPR Manager, qualquer placa lida que não conste daquela lista geraria um evento Não combina. Como a maioria das placas lidas pelo Sharp não serão de veículos roubados, eventos Não combina seriam gerados para praticamente todas as placas de veículo lidas.

Assista a este vídeo para saber mais. Clique no ícone Legendas (CC) para ligar a legenda do vídeo em um dos idiomas disponíveis. O vídeo pode não ser exibido no Internet Explorer. Para resolver isso, abra as Configurações de compatibilidade de exibição e limpe Exibir sites da intranet em Visualizar compatibilidade.