Sobre áreas - Security Center 5.9

Guia do Administrador do Security Center 5.9

series
Security Center 5.9
revised_modified
2020-01-20

É um tipo de entidade que monitora um conjunto de entradas e dispara eventos com base nos estados combinados. Esses eventos podem ser usados para controlar relés de saída.

O conceito de uma zona é emprestado do mundo dos painéis de alarme, onde entradas elétricas são associadas a zonas para desencadear alarmes específicos. No Security Center, as entradas elétricas são associadas a zonas para acionar eventos. Usando eventos causa-efeito, estes eventos podem ser usados não apenas para acionar saídas, mas também para acionar alarmes, enviar e-mails, iniciar gravações de câmeras e assim por diante.
DICA: Você também pode definir eventos personalizados para corresponder a cada combinação de entradas especiais.

Uma zona pode ser armada (dispara ativada) ou desarmada (dispara desativada) usando um interruptor de chave, um comando de software ou uma programação. Uma zona pode ser armada por software (usando um comando de ação ou de acordo com uma programação), ou por hardware (para unidades que suportam esse recurso).

Vinculação de I/O

A ligação de E/S é o controle de relés de saída específicos com base no resultado combinado de um conjunto específico de entradas elétricas. Cada entrada pode ser conectada a um dispositivo de monitoramento específico, como um sensor de movimento, um detector de fumaça, um contato de porta ou janela e assim por diante.

Por exemplo, se uma janela quebrar, o sensor de vidro quebrado em uma janela conectado a uma entrada em uma unidade pode ser vinculado a uma saída que aciona uma campainha.
CUIDADO:
Em unidades HID VertX, algumas entradas, como Falha de CA e Falha de bateria, devem ser configuradas para algo diferente do seu propósito inicial (deixar as caixas de seleção vazias) antes que elas possam ser usadas para vinculação de E/S. No entanto, outras entradas, como Monitor de porta, só podem ser usadas para o propósito designado. Se você usar uma entrada de propósito específico como propósito geral, sua configuração não funcionará. Não exceda 20 entradas por zona com unidades HID VertX. Exceder este limite pode levar a problemas de sincronização da unidade.

Estados da zona

Os estados de zona são determinados por uma combinação (AND/OR) de entradas associadas à zona.

Os seguintes estados de zona estão disponíveis:
Normal
Quando a combinação de entradas resulta em zero (0).
Ativo
Quando a combinação de entradas resulta em um (1).
Problema
Exige ter pelo menos uma entrada supervisionada. A zona fica no estado de Problema quando pelo menos uma das entradas está no estado Problema. O estado Problema supera todos os outros estados.

Zonas de hardware

Uma zona de hardware é um tipo de zona onde o vínculo de E/S é feito por uma única unidade de controle de acesso. Uma zona de hardware funciona independentemente do Access Manager e, consequentemente, não pode ser ativada ou desativada pelo Security Desk.

As zonas de hardware são recomendadas quando as respostas rápidas e as operações offline são cruciais para o seu sistema de segurança. O unidade de controle de acesso controlando a zona não deve ser operado em modo de servidor. Uma vez que a unidade esteja configurada no Security Center, ela deve ser capaz de atuar sozinha sem ser conectada ao Security Center ou sem ser controlada por ele.

As zonas de hardware podem ser armadas usando uma chave (entrada) ou em programação.

Zonas virtuais

Uma zona virtual é um tipo de zona onde o vínculo de E/S é feito pelo software. Os dispositivos de entrada e saída podem pertencer a diferentes unidades de diferentes tipos. Uma zona virtual é controlada pelo Zone Manager e somente funciona quando todas as unidades estão online. Ela pode ser armada e desarmada pelo Security Desk.

As zonas virtuais são recomendadas quando a flexibilidade é exigida e quando as unidades de controle de acesso não estão disponíveis.

Zonas de E/S

Uma zona de E/S é uma entidade de zona na qual a ligação E/S pode ser distribuída a várias unidades Synergis™, enquanto uma unidade age como a unidade principal. Todas as unidades Synergis™ envolvidas em uma zona de E/S devem ser gerenciadas pelo mesmo Access Manager. A zona I/O trabalha independentemente do Access Manager, mas para de funcionar se a unidade mestra está desativada. Uma zona de E/S pode ser ativada e desativada pelo

As zonas de E/S são recomendadas quando são necessárias respostas rápidas, operação offline e ligação de E/S em várias unidades.