Técnica de equivalência de LPR: Caracteres comuns e adjacentes - Security Center 5.9

Guia do Administrador do Security Center 5.9

series
Security Center 5.9
revised_modified
2020-01-20

A equivalência de LPR usa a técnica de "Caracteres comuns e adjacentes" para melhorar a taxa de precisão da leitura de placas de veículo (por vezes chamada de "correspondência difusa").

NOTA: Este método é usado apenas para fiscalização de tempo extra em estacionamento.

Você pode configurar a forma como a equivalência de LPR lida com caracteres comuns e adjacentes modificando o arquivo MatcherSettings.xml. Para obter mais informações, consulte Arquivo MatcherSettings.xml.

NOTA: Você também pode configurar as seguintes técnicas de equivalência de LPR no arquivo MatcherSettings.xml:

As seguintes configurações estão disponíveis ao configurar caracteres comuns e adjacentes:

Caracteres comuns necessários:
O número mínimo de caracteres que precisam ser comuns tanto para a primeira como para a segunda leituras de placa de veículo. Os caracteres também devem aparecer na mesma ordem na placa de veículo, mas não necessariamente em sequência.
Caracteres adjacentes necessários:
Comprimento mínimo da sequência de caracteres entre a primeira e a segunda leituras de placa de veículo.

Na fiscalização de tempo extra, há uma margem de erro extra porque a equivalência de LPR está comparando uma leitura de placa com outra leitura de placa, não com uma lista de procurados ou lista de autorizações criada por uma pessoa.

Aqui está um exemplo com a equivalência de LPR configurada para procurar cinco caracteres comuns e quatro caracteres adjacentes (padrão). A equivalência de LPR também permite o caractere equivalente de OCR padrão, que pode contar como um caractere comum ou adjacente.

A leitura de placa 5ABC113 corresponde a 5A8CH3 (exemplo 1) e 5ABCH3 (exemplo 2) porque as seguintes condições são atendidas:
Equivalência de OCR
Os equivalentes de OCR B e 8 são considerados o mesmo caractere e aplicam-se para a contagem de caracteres comuns e adjacentes.
Cinco caracteres comuns
Ambas as leituras têm 5, A, B/8, C e 3 em comum, e todos eles aparecem na mesma ordem. O "3" não está em sequência, mas respeita a ordem.
Quatro caracteres adjacentes
Ambas as leituras têm 5, A, B/8 e C em sequência.

A leitura de placa 5ABC113 não corresponde a SA8CH3 (exemplo 3) porque há dois equivalentes de OCR na segunda leitura (S/5 e B/8). Você permitiu apenas um equivalente de OCR.

O uso de caracteres comuns e adjacentes ajuda a reduzir a margem de erro envolvida quando a primeira e segunda leituras de placa de veículo são provenientes do Sharp.