Abas de configuração do Mobile Server - Security Center 5.10

Guia do administrador da Central de segurança 5.10

Applies to
Security Center 5.10
Last updated
2022-11-14
Content type
Guias > Guias do administrador
Language
Português
Product
Security Center
Version
5.10

Você configura o Mobile Server a partir da visualização Funções da tarefa Sistema no Security Center do Config Tool.

Mobile Server - aba Propriedades

Clique na guia Propriedades para configurar os comportamentos comuns de Genetec™ Mobile e selecione os recursos de Security Center Mobile que você deseja ativar.

Endereço da Web
Defina o sufixo da URL usada por Genetec™ Mobile para se conectar ao Mobile Server. O formato da URL é host:porta/endereço da Web, onde host é o endereço IP ou nome do host do servidor que hospeda o a função Mobile Server, porta é a porta HTTPS 443 por padrão e endereço da web é Mobile por (padrão). Cada função de Mobile Server deve ter uma URL exclusiva. Se duas funções estiverem hospedadas no mesmo servidor, elas deverão ter endereços de web diferentes ou usar portas diferentes.
Usar a porta HTTP segura padrão do servidor
Por padrão, o Mobile Server se comunica com os dispositivos móveis pela porta HTTPS 443. Se a sua política de TI requer uma porta diferente, ou existe algum tipo de conflito, você pode alterar essa porta. Desative esta opção e, em seguida, altere o número da porta.
Número máximo de mensagens na caixa de entrada por usuário
Defina o número máximo de mensagens que Genetec™ Mobile mantém em sua caixa de entrada. Se uma nova mensagem for recebida enquanto a caixa de entrada estiver cheia, a mensagem mais antiga será excluída.
Tempo limite da sessão
Defina o período máximo de inatividade, o que significa que o aplicativo está em segundo plano, antes de o Mobile Server desconectar automaticamente o usuário.
Número máximo de sessões de clientes
Configure um limite para o número de conexões Genetec™ Mobile com as quais essa função pode lidar para evitar sobrecarregar o servidor. O padrão é sem limite.
Recursos
Selecione os recursos que você deseja ativar em Genetec™ Mobile nos dispositivos conectados a este Mobile Server.
Alarmes
Permitir que os usuários Genetec™ Mobile monitorem e reconheçam alarmes.
Streaming da câmera do dispositivo
Permitir que Genetec™ Mobile inscreva câmeras do dispositivo móvel em Security Center. Clique em para definir as configurações.
Duração máxima de sequência
Duração máxima do vídeo transmitido. Após o término, a transmissão é interrompida automaticamente para evitar o consumo de bateria.
Índice de início e fim de porta
Intervalo de portas usado para câmeras de dispositivos móveis.
Archiver
A função de Archiver é responsável por gerenciar as câmeras de dispositivos.
Localização
Entidade da área na qual as câmeras de dispositivos estão agrupadas.
Gestão de placa de veículo
(Genetec™ Mobile 5.1.0 e posterior) Permite que usuários de dispositivos móveis visualizem eventos ALPR em tempo real (leituras e ocorrências), adicionem placas às listas de prioridades e gerem relatórios sobre leituras e ocorrências.
Mapas
Permitir que Genetec™ Mobile exiba e eventos ao vivo e entidades de Security Center em mapas.
Notificações por push
Permitir que Genetec™ Mobile receba notificações por push do Mobile Server.
Níveis de ameaça
Permite ao usuário Genetec™ Mobilevisualizar e definir os níveis de ameaça.
Rastreamento
Permitir que Genetec™ Mobile compartilhe sua localização de dispositivo com outros usuários no sistema, para que seu usuário possa ser exibido em mapas georreferenciados, em Security Desk e em outras instâncias de Genetec™ Mobile.
Vídeo
Permitir que Genetec™ Mobile exiba o vídeo de Security Center. Clique em para definir as configurações.
Número máximo de transmissões de vídeo
Defina um limite para o número de transmissões de vídeo com que essa função pode lidar para evitar sobrecarregar o servidor. O padrão é sem limite.
Limitar uso de função de Media Gateway
Ative esta opção para atribuir funções do Media Gateway a este Mobile Server e limitar o uso das funções do Media Gateway aos servidores selecionados, para se adequar às suas limitações de rede. Somente os servidores atribuídos às funções do Media Gateway selecionadas são listados.
Qualidade de vídeo H.264
Para câmeras que suportam transmissão H.264, escolha a transmissão de vídeo a ser utilizada quando o aplicativo móvel da Genetec se conecta através de redes WiFi e de celular. Você pode escolher:
  • Um uso de transmissão pré-configurado: Ao vivo, Gravação, Baixa resolução, Alta resolução, ou Remoto. Para mais informações, veja Configurar transmissões de vídeo de câmeras.
  • Qualidade para que o sistema faça uso da transmissão pré-configurada que tem a mais alta resolução e taxa de quadros.
  • Desempenho para que o sistema faça uso do fluxo pré-configurado que requer a menor quantidade de largura de banda.
Permitir MJPEG
Ativar ou desativar transmissões MJPEG. Quando ativado, se a câmera solicitada por Genetec™ Mobile não suportar H.264, o vídeo é enviado em formato MJPEG.

Escolha a resolução e a taxa de quadros máximas para usar ao enviar vídeos em MJPEG através de redes de WiFi e celular. O usuário móvel pode substituir essas configurações no Genetec™ Mobile.

Quando um usuário móvel solicita a visualização de uma câmera, o Mobile Server obtém todos os fluxos configurados para essa câmera e seleciona aquele mais próximo das configurações máximas. Se uma transmissão for encontrada com uma resolução próxima a essa, o Media Gateway envia essa transmissão para o Mobile Server, que por sua vez o envia para o dispositivo móvel. Se nenhuma transmissão for encontrada perto da resolução, o Media Gateway deve transcodificar a transmissão para obter a resolução desejada.

IMPORTANTE: O processo de transcodificação exige muito da CPU e deve ser evitado. Para cada câmera suscetível de ser visualizada por usuários móveis, certifique-se sempre de ter uma transmissão configurada que esteja próxima das configurações máximas definidas no Mobile Server. Como alternativa, você pode desativar a opção MJPEG para evitar qualquer possibilidade de transcodificação.
Configurações avançadas
Essas configurações avançadas são reservadas para uso pelo nosso pessoal de Assistência Técnica.

Mobile Server - guia Recursos

Clique na aba Recursos para configurar os servidores e o banco de dados atribuídos a esta função.
Servidores
Servidores que hospedam esta função. Todos devem ter acesso ao banco de dados de função.
Status do banco de dados
Status atual do banco de dados.
Servidor de banco de dados
Nome do serviço do Microsoft SQL Server. O valor (local)\SQLEXPRESS corresponde ao Microsoft SQL Server Express Edition instalado por padrão com o servidor Security Center.
Banco de dados
Nome da instância do banco de dados.
Ações
Você pode realizar as seguintes funções no banco de dados da função:
Criar um banco de dados ()
Crie um novo banco de dados com a opção de sobrescrever o existente.
Excluir o banco de dados ()
Exclua o banco de dados.
Informações do banco de dados ()
Mostrar informações do banco de dados.
Notificações ()
Definir notificações para quando o espaço do banco de dados estiver se esgotando.
Resolver conflitos ()
Resolver conflitos causados por entidades importadas.
Backup/restauração ()
Faça backup de ou restaure o banco de dados.
Autenticação
Especifica que autenticação do SQL Server deve ser usada:
Windows
(Padrão) Use a autenticação do Windows quando o servidor de função e o servidor de banco de dados estiverem no mesmo domínio.
SQL Server
Use a autenticação do SQL Server quando o servidor de função e o servidor de banco de dados não estiverem no mesmo domínio. Você deve especificar um nome de usuário e senha neste caso.
Segurança de banco de dados
Opções de segurança para comunicação entre a função e seu servidor de banco de dados.
Criptografar conexões
(Padrão) Usa o protocolo TLS (Transport Layer Security) para todas as transações entre a função e o servidor de banco de dados. Esta opção impede a espionagem e não requer configuração da sua parte.
Validar certificado
Autentica o servidor de banco de dados antes de abrir uma conexão. Este é o método de comunicação mais seguro e evita ataques man-in-the-middle. A opção Criptografar conexões deve ser ativada primeiro.
NOTA: Você deve utilizar um certificado de identidade válido no servidor de banco de dados. Um certificado válido é assinado por uma autoridade de certificação (CA) confiada por todos os servidores que hospedam a função e que não está expirada.